Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

 

Wasmália Socorro Barata Bivar (1959 - ), nasceu em Manaus (AM), no dia 28 de novembro de 1959. Graduada em Economia (1983) pela Ponti-fícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), possui mestrado em Economia (1991), por essa Universidade, e doutorado também em Economia (1996) pela Università Commerciale Luigi Bo-cconi, Milão, Itália. Pesquisadora Titular no IBGE desde 1986, possui uma vasta experiência na área econômica, com ênfase na Economia do Trabalho. Entre outros cargos que ocupou, foi Diretora de Pesquisas de 2004 a 2011 e Presidenta do IBGE entre 2011 e 2016, sendo a primeira mulher a ser nome-ada para essa função. Wasmália Bivar é, também, a primeira mulher latina a ocupar a presidência da Comissão de Estatística da Organização das Nações Unidas.

 

Se não conseguir visualizar o clipe da entrevista na janela abaixo, clique aqui.

Ver ficha técnica

Nome: Wasmália Socorro Barata Bivar

Área de Atividade: Economia; Economia do Trabalho

Depoimento realizado no contexto do Projeto de História Oral. Integra o Sistema de Preservação e Disseminação da Memória Institucional e tem por objetivo reconstituir o processo de formação e evolução do IBGE.

Data: 12/07/2017

Local da gravação: IBGE/CDDI - Rio de Janeiro (RJ)

Duração: 132 min

Dados biográficos do depoente

Nome completo: Wasmalia Socorro Barata Bivar

Nascimento: Rio de Janeiro (RJ) – 28/10/1959

Data de entrada no IBGE: 1986

Data de saída ou aposentadoria: em atividade na data da entrevista

Formação ou cargo: Graduação, Mestrado e Doutorado em Economia

Principais atividades:Presidenta do IBGE; Presidenta da Comissão de Estatística da ONU; Diretora de Pesquisas

Equipe

Levantamento de dados: Claudio Faria Marques; Vera Abrantes

Elaboração do roteiro: Claudio Faria Marques; Vera Abrantes

Entrevistadores: Claudio Faria Marques; Vera Abrantes

Gravação: José Luiz Félix da Costa

Sumário: Vera Abrantes

Copidesque do sumário: Vera Abrantes

Indexação: Vera Abrantes

Assuntos:

  • estatísticas industriais;
  • pesquisas industriais;
  • Censo cadastro;
  • Pesquisa de Inovação (PINTEC);
  • Contas nacionais;
  • Censo demográfico 2010;
  • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua);
  • pesquisas domiciliares;
  • política de comunicação;
  • INTRANET;
  • Objetivos de Desenvolvimen-to do Milênio (ODM);
  • Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS);
  • gestão pública.

Sumário do depoimento:

  • origem do nome Wasmalia;
  • a migração para São Paulo e depois para o Rio de Janeiro para estudar na PUC-Rio;
  • o ingresso no IBGE em 1986 no setor de estatísticas das indústrias;
  • o treinamento dos cen-sos econômicos, em São Paulo;
  • as pesquisas industriais;
  • a participação no desenho das pesquisas pós-censo 1985;
  • a falta de recursos e de trabalho no governo Collor;
  • a decisão de fazer o doutorado na Itália;
  • a reformulação das estatísticas econômicas;
  • a adoção de um cadastro com base em regis-tros administrativos, substituindo os censos econômicos;
  • o desenho do questionário do Censo Ca-dastro;
  • a pesquisa de inovação tecnológica;
  • a coordenação da nova série das contas nacionais;
  • o car-go de diretora da DPE;
  • Censo demográfico 2010;
  • a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Con-tinua – PNAD Contínua;
  • o convite para presidir o IBGE e os problemas de saúde;
  • a experiência de 7 anos na direção da Diretoria de Pesquisas – DPE;
  • a relação da DPE com as Unidades Estadudais – UEs;
  • o Censo de 2010, o cadastro de domicílios e a base territorial;
  • atualização do modelo das pesquisas domiciliares;
  • a PNAD Contínua e a necessidade de atualização do modelo com a inserção de todos os estados na pesquisa;
  • o envolvimento com as atividades da Diretoria de Geociências;
  • Divisão Regio-nal do Brasil em regiões geográficas imediatas e regiões geográficas intermediárias 2017;
  • o convite para ser presidente do IBGE e os problemas de saúde;
  • o reconhecimento de uma mulher, servidora de carreira, assumindo a presidência do IBGE;
  • a gestão com presidenta do IBGE;
  • a implementação da PNAD Contínua com o compromisso de não descontinuar a PNAD e a Pesquisa Mensal de Emprego – PME;
  • a implementação do doutorado da ENCE;
  • a política de comunicação;
  • a INTRANET;
  • os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio;
  • agenda de desenvolvimento sustentável;
  • a respeitabilidade do IBGE;
  • a presidência da Comissão de Estatística da ONU;
  • a aprovação, pela Assembleia Geral da ONU, do marco dos indicadores dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS, trabalho conduzido pelo Brasil e conduzido pelo Brasil na presidência;
  • a primeira mulher latina na presidência da Comissão de Estatística da ONU;
  • a emoção de conduzir a comemoração dos 70 anos da Comissão de Estatística;
  • o uso da tecnologia para quem produz informação;
  • o projeto de construção junto com a UFRJ das con-tas nacionais começando com a matriz de absorção de capital;
  • o projeto sobre as contas dos ecos-sistemas.

© 2018 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística