Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

Maurício Teixeira Leite de Vasconcellos (1951-    ), nasceu no Rio de Janeiro (RJ) no dia 23 de janeiro de 1951. Estatístico com doutorado em saúde pública, ingressou no IBGE em 1974. Sua trajetória profissional é marcada por intensa participação no Estudo Nacional da Despesa Familiar (ENDEF) realizado na década de 1970. Ao longo de trinta anos, trabalhou também com estatísticas econômicas e demográficas e, na área de metodologia de pesquisa. Entre outros cargos, ocupou a chefia da Divisão de Amostragem, do Departamento do Censo Demográfico e da Superintendência de Estatísticas da Indústria, Comércio e Serviços. Na data da entrevista permanecia em atividade na Coordenação de Pós-Graduação da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE). Aposentou-se em 2012.

 

Veja o clipe com trechos selecionados da entrevista:

 

Se não conseguir visualizar o clipe da entrevista na janela abaixo, clique aqui.

Ver ficha técnica

Área de Atividade: amostragem; metodologia de pesquisa; pesquisas econômicas; pesquisas demográficas; ensino

Depoimento realizado no contexto do Projeto de História Oral. Integra o Sistema de Preservação e Disseminação da Memória Institucional e tem por objetivo reconstituir o processo de formação e evolução do IBGE.

Data: 08/10/2003 e 21/10/2003

Local da gravação:IBGE/ CDDI - Rio de Janeiro (RJ)

Duração: 270 min

Dados biográficos do depoente

Nome completo: Maurício Teixeira Leite de Vasconcellos

Nascimento: Rio de Janeiro (RJ) – 23/01/1951

Data de entrada no IBGE: 1974

Data de saída ou aposentadoria: 2012 (aposentadoria)

Formação ou cargo: Estatístico; doutor em saúde pública

Principais atividades: Chefe da Divisão de Amostragem; chefe do Departamento do Censo Demográfico; Superintendente de Estatísticas da Indústria, Comércio e Serviços

Equipe

Levantamento de dados: Francisco Jose Queiroz Freire, Vera Lucia Cortes Abrantes

Elaboração do roteiro: Francisco Jose Queiroz Freire, Vera Lucia Cortes Abrantes

Entrevistadores: Francisco José Queiroz Freire, Vera Lucia Cortes Abrantes, Helena Bezerra Torelly

Gravação: Álvaro da Silva Vasconcellos, Vera Lucia Cortes Abrantes

Sumário: Francisco Jose Queiroz Freire

Copidesque do sumário: Vera Abrantes; Helena Torelly

Indexação: Francisco Jose Queiroz Freire; Vera Abrantes

Assuntos:

  • Estudo Nacional da Despesa Familiar (ENDEF);
  • Revolução civil-militar de 1964;
  • planejamento nacional;
  • condições de vida da população;
  • estrutura organizacional;
  • estatuto do IBGE;
  • regime celetista;
  • Projeto Isaac Kerstenetzky;
  • Isaac Kerstenetzky;
  • amostragem;
  • métodos de pesquisa;
  • matriz de insumo-produto;
  • indicadores sociais;
  • índices de preços;
  • censos demográficos;
  • gestão pública;
  • relações institucionais;
  • Jessé de Souza Montello;
  • reforma administrativa;
  • Edmar Lisboa Bacha;
  • greve;
  • estimativas da população;
  • Fundo de Participação de Estados e Municípios;
  • metodologia de pesquisa;
  • planejamento econômico;
  • planejamento estratégico;
  • neoliberalismo.

Sumário do depoimento:

  • origem social e formação escolar;
  • a experiência como aluno da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE) na década de 1970;
  • o convite como aluno da ENCE para participar da equipe do Estudo Nacional da Despesa Familiar (ENDEF);
  • a efetivação no IBGE em 1974;
  • considerações sobre o IBGE antes e durante a Ditadura Militar;
  • Golbery do Couto e Silva e João Paulo dos Reis Veloso: a importância do IBGE e IPEA para o planejamento nacional;
  • informações sobre as condições de vida da população através do ENDEF;
  • a mudança de estatuto do IBGE para Fundação;
  • as propostas de Isaac Kerstenetzky para o IBGE;
  • o método de implantação dos projetos de Isaac Kerstenetzky no IBGE;
  • a matriz de insumo-produto, os indicadores sociais, os índices de preços e o ENDEF no contexto do Projeto Isaac Kerstenetzky;
  • o processo de discussão e elaboração do ENDEF;
  • o censo demográfico como referência para outras pesquisas;
  • a relevância do ENDEF para a matriz de insumo-produto, os indicadores sociais e os índices de preços;
  • a metodologia de pesquisa do ENDEF;
  • o banco de dados ENDEF;
  • a polêmica na divulgação do ENDEF;
  • a triangulação de métodos (o trabalho simultâneo com os métodos qualitativo e quantitativo);
  • os impactos de ordem pessoal em decorrência das condições de vida da população retratadas pelo ENDEF;
  • o Sistema de Análise de Dados Estatísticos e os problemas do ENDEF na Diretoria de Informática;
  • a gestão por projeto;
  • o Ministro Antônio Delfim Neto e a questão relativa ao entendimento dos efeitos da renda não monetária sobre a renda monetária;
  • a extinção do Departamento de Estudos de Consumo e a guarda dos arquivos do ENDEF;
  • a utilização dos dados levantados pelo ENDEF;
  • o ENDEF e as gestões de Isaac Kerstenetzky (1970/1979) e Jessé de Souza Montello (1979/1985);
  • a reavaliação das razões que levaram a não divulgação do ENDEF;
  • a chefia da Divisão de Amostragem e os aspectos históricos, analíticos e aplicativos sobre amostragem, metodologia e métodos de pesquisas;
  • a Reforma Administrativa e a questão da gestão por projeto;
  • a gestão de Edmar Lisboa Bacha (1985/1986);
  • a greve na gestão de Edson de Oliveira Nunes (1987/1988);
  • a chefia do Departamento do Censo Demográfico e a experiência com o trabalho de estimativas de população;
  • o Fundo de Participação de Estados e Municípios e a polêmica com o Tribunal de Contas em decorrência do entendimento sobre estimativas da população;
  • IBGE: estrutura, organização e a questão da metodologia de pesquisa;
  • o IBGE no contexto do serviço público;
  • o IBGE e as informações para o planejamento segundo o papel do Estado no contexto da internacionalização da economia.

© 2018 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística