Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

Francisco Otávio Cunha Pires (1942-    )

 

Veja o clipe com trechos selecionados da entrevista:

 

Se não conseguir visualizar o clipe da entrevista na janela abaixo, clique aqui.

Ver ficha técnica

Área de Atividade: rede de coleta

Depoimento realizado no contexto do Projeto de História Oral. Integra o Sistema de Preservação e Disseminação da Memória Institucional e tem por objetivo reconstituir o processo de formação e evolução do IBGE.

Data: 10/03/2006

Local da gravação:IBGE/ CDDI - Rio de Janeiro (RJ)

Duração: 102 min

Dados biográficos do depoente

Nome completo: Francisco Otávio Cunha Pires

Nascimento: Quixeramobim (CE) – 23/09/1942

Data de entrada no IBGE: 1973

Data de saída ou aposentadoria: -

Formação ou cargo: Engenharia Agronômica

Principais atividades: Substituto do Delegado no Maranhão; Chefe do CEAGRO; Coordenador Técnico dos Censos Econômicos (1975); Coordenador do Censo Agropecuário 80-85; Chefe do Serviço de Administração – Delegacia do Ceará

Equipe

Levantamento de dados: Francisco José Freire Queiroz; Helena Bezerra Torelly; Vera Abrantes

Elaboração do roteiro: Francisco José Freire Queiroz; Helena Bezerra Torelly; Vera Abrantes

Entrevistadores: Francisco José Freire Queiroz; Helena Bezerra Torelly; Vera Abrantes

Gravação: Vera Abrantes

Sumário: Pedro Monteiro (estagiário de História)

Copidesque do sumário: Vera Abrantes

Indexação: Pedro Monteiro (estagiário); Vera Abrantes (revisão)

Assuntos:

  • Censo demográfico 1960
  • Censo demográfico 1970
  • Censo agropecuário 1975
  • rede de coleta
  • inovações tecnológicas
  • estatísticas agropecuárias
  • Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD)
  • Comissões Regionais de Estatísticas Agropecuárias (COREIA)
  • interferência política

Sumário do depoimento:

  • trajetória de vida na zona rural e formação em Agronomia na década de 1970
  • contratação para unidade do IBGE no Maranhão
  • Censo de 1960
  • Censo de 1970
  • Projeto Grupo de Coordenação de Estágios (GCE)
  • nomeação para a coordenação do Censo agropecuário 1975
  • trabalhos com mapas da Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (SUCAM)
  • problemas no preenchimento dos questionários nas áreas rurais da região Nordeste
  • transferência para o Ceará
  • serviços de administração da Delegacia do IBGE do Ceará
  • atuação como representante do Nordeste na formulação dos questionários e manuais do Censo
  • concursos públicos e contratações
  • avanço tecnológico no levantamento de dados
  • estatísticas agropecuárias
  • a agência de Quixadá (CE)
  • a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, em Fortaleza
  • as comissões regionais e municipais de estatísticas agropecuárias
  • mecanização do trabalho no IBGE
  • situação atual da comissão de estatística agropecuária no estado do Ceará
  • modernização do IBGE
  • avaliação das administrações do IBGE
  • administração das Unidades Estaduais
  • a reformulação da rede de coleta e seu impacto nas estatísticas agropecuárias
  • a pesquisa sobre a castanha-de-caju
  • o desenvolvimento de um projeto de pesquisa em uma unidade estadual
  • problemas políticos e financeiros durante a ditadura militar
  • indicações políticas no IBGE
  • considerações finais e recado para os jovens do IBGE.

© 2018 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística