Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

"Na minha vida profissional, consegui plantar duas admiráveis árvores: uma árvore cultural, que foi o Conselho Nacional de Geografia (CNG); outra árvore turística, que é o novo bondinho do Pão de Açúcar".

"Quanto ao novo teleférico(1972), sua cabina é totalmente transparente nas suas faces laterais. Essa peculiaridade proporciona na plenitude a contemplação da paisagem, com o domínio total da horizontal; no rumo do infinito desaparece a impressão da vertical, a qual provoca a sensação desagradável do abismo".

carteira de identidade Christ

"Hoje, andando pela cidade do Rio de Janeiro, se vê o Pão de Açúcar iluminado apontando para o céu. Por isso, a Companhia, no dia da inauguração da iluminação, fez a seguinte mensagem: 'O Pão de Açúcar o céu aponta / aos da Cidade na noite escura / lembrando: levai sobretudo em conta / que o importante na vida é alma pura'".

"O Conselho Nacional de Geografia modernizou a geografia brasileira. Para formar seus técnicos, proporcionou estudo teórico e prático no Brasil, sobretudo com professores franceses, e depois, os enviou ao exterior para fazerem cursos em universidades especializadas".

"De 1940 a 1946, o CNG ocupou-se, simultaneamente, dos setores geodésico, de pesquisa geográfica, de publicações, cultural e de mapeamento, destacando-se a Campanha Nacional dos Mapas Municipais e o preparo da Carta Geográfica do Brasil ao Milionésimo".


"Outro setor em que o CNG atuou foi o referente ao intercâmbio internacional da Geografia. Basta lembrar dois fatores importantes: o primeiro foi a adesão do Brasil à União Geográfica Internacional (UGI) e o segundo foi a volta do Brasil ao Instituto Pan-americano de Geografia e História (IPGH)".


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística