Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

Presidente do IBGE: 1992-1993

Filho de Bonifácio Antonio Borba e de Elvira de Andrade Neves Borba, nasceu em Santa Maria (RS), no dia 13 de outubro de 1940. Eurico Borba fez seus estudos iniciais no Colégio dos Irmãos Maristas, em Porto Alegre (RS). Cursou o científico no Colégio Mallet Soares, no Rio de Janeiro (RJ).

Cursou dois anos de Matemática na antiga Faculdade Nacional de Filosofia (1961-1962), graduando-se, mais tarde, em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, em 1965. Nesta Universidade, no período de 1966 a 1970, atuou como professor auxiliar, assistente e associado, diretor do Departamento de Economia, vice-decano e decano interino do Centro de Ciências Sociais, e vice-reitor.

Eurico Borba Iniciou sua vida profissional no Banco Lar Brasileiro (1963), onde chegou ao cargo de assistente da Vice-Presidência de Planejamento (1963-1964), e a subgerente das Agências Metropolitanas-RJ (1965). Foi diretor-geral da Escola de Administração Fazendária do Ministério da Fazenda (1979-1980); e secretário-geral adjunto do Ministério da Educação (1985-1987).

Eurico Borba foi coordenador adjunto da campanha presidencial do candidato Mário Covas (1989). Em 1994, participou da equipe de estudos e planejamento da campanha presidencial de Fernando Henrique Cardoso.

No IBGE, ocupou os cargos de chefe de gabinete da Presidência (1970 - 1972) e diretor - geral (1973-1979) na administração de Isaac Kerstenetzky.

Presidente do IBGE no período de 26 de março de 1992 a 15 de junho de 1993, em sua administração, assim como seu antecessor, enfrentou dificuldades resultantes de um movimento sindical atuante e um governo que negava grande parte das reivindicações feitas.


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística