Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

Presidente do IBGE: 1964-1967

Filho de Bernardino D’Almeida Senna Campos e de Rita Milagres Senna Campos, nasceu em 20 de fevereiro de 1900, em Cordeiro, à época, distrito do Município de Cantagalo, no Estado do Rio de Janeiro.

Oficial superior, diplomado pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, Senna Campos era membro permanente da Escola Superior de Guerra e do Instituto de Geografia e História Militar do Brasil, e um dos fundadores da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (1952). Ao longo de sua carreira militar exerceu diversas funções e comandos no Exército brasileiro: Oficial de Ligação da Força Expedicionária Brasileira junto ao 5º Exército Americano, e representante do Estado-Maior do Exército na Comissão Parlamentar da Valorização Econômica da Amazônia.

Presidente do IBGE no período de 10 de abril de 1964 a 03 de abril de 1967, em sua administração foram criados Grupos Especiais de Trabalho, com o objetivo de intensificar e aperfeiçoar toda mecânica de trabalho do sistema estatístico nacional. A proposta era que discutissem e avaliassem as necessidades anuais para o processamento de dados, os gastos com equipamentos, a disponibilidade de mão de obra especializada para aproveitamento como operadores e programadores, entre outros procedimentos. Senna Campos contou, para isso, com significativos colaboradores. Neste período ainda, foram celebrados importantes convênios, como com o Ministério da Educação e Cultura, que possibilitou a realização do 1º Censo Escolar Nacional, que pesquisou a população existente em 31 de outubro de 1964, e, especificamente, as crianças vivas nascidas desde 1º de janeiro de 1950.

Aguinaldo José Senna Campos faleceu no Rio de Janeiro, em 23 de setembro de 1987.


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística