Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

Descrição sumária do Acervo

O Acervo Memória IBGE compõe-se de telegramas, cartas, publicações, atas, recortes de jornais, jornais, estudos, resoluções, relatórios, informações de personalidades da Instituição ou a ela ligadas, entre outros documentos escritos e iconográficos. Não se trata, contudo, de um arquivo de documentos acumulados organicamente ou que tenha finalidades administrativas ou jurídicas. Em outras palavras, o Acervo Memória IBGE não abriga o Arquivo Permanente do IBGE, embora custodie, provisoriamente, uma parte dele. Constitui, antes, um acervo de documentos reunidos artificialmente em torno de seu conteúdo (obedecendo a uma especialização temática), e cuja finalidade é oferecer, por meio da preservação documental e do apoio à pesquisa, informação cultural, científica e/ou social especializada.

Visualize ou faça o download em formato .PDF do Guia de Consulta ao Acervo Memória IBGE

Instruções aos usuários do Guia de Consulta ao Acervo Memória IBGE

  • Os assuntos existentes no acervo se apresentam através de entradas (palavras-chaves que representam o assunto abordado) que estão organizadas em ordem alfabética no Guia. As entradas são nomes concisos ou siglas.
  • No início de cada bloco de assuntos, ao lado da entrada, há um resumo do conteúdo da documentação.
  • Linha amarela indica o início da descrição de um assunto, e linha cinza indica o término.
  • Ao lado do conteúdo descrito existem os campos: pasta/caixa, arquivo e estante; que correspondem à localização dos documentos no acervo.
  • O conteúdo das pastas/caixas descrito é apenas um resumo. Não são citados todos os documentos, apenas os mais relevantes para a recuperação da informação.
  • Os documentos dentro de cada bloco estão organizados por ordem cronológica.
  • Em alguns casos, existem categorias pelas quais os documentos estão divididos: documentos administrativos (cartas, ofícios, memorandos, telegramas, declarações, atestados, intimações, etc.); regulamentos, atas, resoluções, legislação federal (decretos e prontuários).
  • Embora o acervo pertença ao IBGE, os assuntos que são mais importantes foram inclusos no Guia como entradas, e não como subdivisões da entrada IBGE.

Breve histórico do Acervo e do Guia de Consulta

Desde as origens o IBGE tem presente a preocupação com o passado. A efeméride do cinquentenário da instituição (1986) despertou a idéia de reunir todo e qualquer documento que possibilitasse reconstruir a memória institucional. Teve início, naquele momento, a formação do Acervo que registra aspectos da história do IBGE. A quantidade de dados reunidos a partir daquela intenção inicial, somada à demanda dos usuários, passou a exigir um reordenamento da massa documental, principalmente a escrita. Por isso, entre 2007 e 2008, o Acervo passou por uma reorganização: anteriormente disposto em ordem cronológica, organizado por décadas, passou a ser agrupado por assuntos, facilitando a busca e a recuperação das informações.

Equipe Responsável

  • Organização do Acervo e elaboração do Guia de Consulta ao Acervo Memória IBGE (2007-2008): Helena Bezerra Torelly e Vera Lucia Cortes Abrantes
  • Apoio à (re)organização do Acervo (2007-2008): Alessandra Schmite e Marcos Paulo da Silva Gomes (estagiários)
  • Digitação do Guia e elaboração das Instruções aos usuários: Alessandra Schmite (estagiária)
  • Atualização do Guia (desde 2010): Fabio Mauro de Carvalho Leite
  • Apoio à atualização do Guia (desde 2010): Allan dos Santos Bastos, Juan dos Santos Rodrigues Cruz e Maian Capella Soares (estagiários)

© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística