Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

Para conhecer as entrevistas do Acervo de História Oral da Rede de Memória do IBGE, navegue pelo menu à esquerda, em que os nomes dos(as) entrevistados(as) estão organizados em ordem alfabética – ou explore diretamente, na janela abaixo, a sequência completa de todos os “clipes” com trechos selecionados das entrevistas que já estão disponíveis on-line. Para ser informado(a) de cada novo vídeo disponibilizado para acesso gratuito via internet, inscreva-se no canal oficial do IBGE no Youtube.

Se não conseguir visualizar os clipes de vídeo na janela abaixo, clique aqui.



IMPORTANTE: Devido ao próprio caráter de entrevistas de História Oral, os depoimentos divulgados neste espaço refletem opiniões pessoais, que são da inteira e exclusiva responsabilidade dos(as) depoentes, não exprimindo, necessariamente, o ponto de vista do IBGE.

 

Nota técnica

O Acervo de História Oral do IBGE é composto por depoimentos produzidos, desde 1986, em quantidade superior a 180 entrevistas, totalizando mais de 200 horas de gravações em áudio ou em vídeo. Reúne depoimentos de servidores ativos e inativos da Casa, que constituem fontes orais e audiovisuais resultantes das atividades de três projetos distintos:


(1) o “Projeto de História Oral do IBGE”, executado desde 1986 pela Equipe de Memória Institucional do IBGE (CDDI/GEBIS);

(2) o Projeto “História das Unidades Estaduais do IBGE”, executado pelas Supervisões de Documentação e Disseminação de Informações (SDIs) de cada Unidade Estadual do IBGE (UE) participante do projeto; e

(3) o Projeto "A Geografia e os geógrafos do IBGE no período 1938-1998", que o servidor Roberto Schmidt de Almeida executou para sua tese de doutoramento, e cujas fontes orais, gravadas exclusivamente em áudio, foram doadas pelo próprio pesquisador ao Acervo de História Oral do IBGE.


Todo esse acervo encontra-se integralmente digitalizado, e desde 2013 passou a ser disponibilizado, de forma gradual, nesse site.

Após a digitalização, os depoimentos são preparados para publicação on-line por meio de um processo que inclui tratamento técnico, indexação, decupagem, edição, padronização e pós-produção de cada entrevista. As fontes orais e audiovisuais resultantes desse trabalho são então disponibilizadas em dois formatos: os “clipes”, que são teasers de curta duração (entre 1 e 6 minutos) com trechos selecionados de cada depoimento; e as “entrevistas completas”, que têm durações variáveis e em alguns casos superam 4 horas de gravações.

As “entrevistas completas” editadas apresentam opiniões pessoais, que são da inteira e exclusiva responsabilidade dos(as) depoentes, não exprimindo, necessariamente, o ponto de vista do IBGE. O processo de edição buscou preservar, com o máximo de fidelidade, o conteúdo integral das fontes produzidas, de acordo com a metodologia da História Oral. Os cortes nas “entrevistas completas”, quando não puderam ser evitados, incidiram apenas sobre trechos das gravações em que estavam registrados: (i) momentos de preparação para o início efetivo de cada entrevista; (ii) citações nominais de alguma pessoa, quando elas foram consideradas pessoalmente ofensivas ou moralmente danosas à imagem de outrem; ou/e (iii) interrupções nas entrevistas solicitadas pelo(a) próprio(a) depoente ou/e pelo(s) entrevistador(es).

Por fim, note-se que cada depoimento foi vinculado não apenas ao respectivo "clipe" e à "entrevista completa" correspondente, mas também a uma foto, a um breve perfil biográfico do(a) entrevistado(a) e a uma ficha técnica. Em tais fichas o(a) pesquisador(a) terá acesso a diversos tipos de informações relevantes, a exemplo de dados biográficos do(a) entrevistado(a), nomes dos integrantes da equipe técnica responsáveis por cada procedimento do processo de tratamento e indexação da entrevista, sumário do conteúdo de cada depoimento e índice de assuntos abordados, dentre outros metadados sobre a produção dessas fontes. A lista de termos descritores utilizados na indexação das entrevistas por assuntos pode ser consultada aqui.


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística