Núcleo virtual da Rede de Memória do IBGE. Divulga publicações, vídeos, instrumentos de pesquisa, sínteses históricas, depoimentos e demais produtos de memória empresarial construídos pelos servidores do IBGE

O projeto História das Unidades Estaduais do IBGE

“A espinha dorsal do IBGE
é o agente de coleta”

(Isaac Kerstenetzky)


O projeto História das Unidades Estaduais do IBGE propõe a construção de narrativas da história do IBGE a partir de uma de suas dimensões específicas: as memórias dos servidores que trabalham ou trabalharam nas representações do Instituto distribuídas pelas vinte e sete unidades da Federação. O trabalho se fundamenta no desenvolvimento de ações conjuntas entre a Equipe de Memória Institucional (do Centro de Documentação e Disseminação da Informações – CDDI), as Supervisões de  Documentação e Disseminação de Informações (SDIs) das Unidades Estaduais (UEs) e seus respectivos servidores(as) e ex-servidores(as). O projeto contempla, em caráter colaborativo, pesquisa documental e iconográfica, coleta de depoimentos orais e preparação de textos, eventos, análises, homenagens, vídeos e outros produtos de disseminação da memória institucional.

Seu objetivo imediato é incentivar a construção de memórias que partam dos próprios servidores das Unidades Estaduais, isto é, histórias das UEs, para as UEs e pelas UEs. Nesse modelo, a Equipe de Memória Institucional atua prestando auxílio e orientação aos servidores envolvidos no projeto, oferecendo suporte técnico e metodológico aos esforços de pesquisa, além de construir e coordenar os canais de articulação e divulgação dos produtos construídos por meio de um trabalho interativo e colaborativo. Esta articulação entre as UEs, suas SDIs, a Equipe de Memória Institucional e os diversos órgãos da “Sede” constitui passo fundamental para a consolidação de uma Rede de Memória do IBGE.

Por todos esses motivos, o objetivo de fundo do projeto História das Unidades Estaduais do IBGE é servir de incentivo à reunião, articulação e sistematização de todas as iniciativas já realizadas em cada UE, em cada órgão singular, por cada servidor(a) e por cada ex-servidor(a) que contribuam para a preservação, (re)construção e disseminação da memória institucional.

A preservação da memória da instituição, o reconhecimento das contribuições de cada um(a) de seus(suas) servidores(as) e a disponibilização ao público – interno e externo – de um conjunto de documentos relevantes são também objetivos vislumbrados no projeto História das Unidades Estaduais. Recusando o enfoque adotado em pesquisas históricas de cunho estritamente acadêmico, esse projeto volta-se ao desenvolvimento de ações de memória empresarial, com ênfase não exclusiva na metodologia da História Oral.

As ações que dele emanam prestam-se, portanto, à identificação de ideias e valores que traduzem memórias coletivas e definem traços de uma cultura organizacional. A proposta tenciona, enfim, criar oportunidades para a exploração e o reforço da mística ibegeana, elemento que materializa e reproduz laços de lealdade e pertencimento dos servidores do IBGE a uma dada comunidade, apresentando-se como característica indelével de uma Casa com mais de setenta anos de existência. Seus produtos podem ser mobilizados também, em desdobramentos futuros, como instrumentos de Gestão do Conhecimento e de valorização da imagem institucional do IBGE na sociedade.


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística